domingo, 25 de janeiro de 2009

Palestra sobre o conflito no Espaço K

Quinta feira, dia 22 de janeiro aconteceu no Espaço K a palestra sobre o conflito árabe israelense com presença massiva dos jovens de São Paulo.
Essa foi a primeira atividade realizada pelo Espaço K com o apoio da Hagshamá.





sábado, 17 de janeiro de 2009

Israel anuncia cessar-fogo

Apesar do gesto ter sido unilateral,Hamas rejeitou a trégua
O gabinete israelense aprovou o cessar-fogo unilateral na Faixa de Gaza e vai interromper a ofensiva às 22h (horário de Brasília) de hoje (dia 17 de janeiro). De acordo com o primeiro-ministro Ehud Olmert, o país alcançou todas as metas de sua ofensiva, mas o exército israelense permanecerá posicionado na região, de forma preventiva. "Nossos objetivos, da maneira que definimos quando lançamos a operação, foram totalmente atingidos. Se nossos inimigos decidirem atacar novamente, o Exército israelense vai responder com força", enfatizou.
Apesar do gesto ter sido unilateral, o Hamas rejeitou a trégua. "Não aceitaremos menos do que a paralisação das agressões, o fim da ocupação, a suspensão do cerco à Faixa de Gaza e a abertura de todas as passagens", afirmou o porta-voz do grupo, Fawzi Barhoum.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

domingo, 11 de janeiro de 2009

Seminário para Peilim

Aconteceu o seminário da Hagshama Brasil. Estiveram presentes os peilim de Londrina, São Paulo, Campinas e Salvador que discutiram e planificaram ações para 2009. O seminário aconteceu no Rio de Janeiro em copacabana no hotel Vilamar Copacabana.

Essa é a foto do grupo que esteve presente. A próxima reunião contará com o resto da tzevet Brasil.



Hagshamá marca presença no paredão do COB na Roda Gigante do Posto 6

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Entenda o conflito

Bem, vale a pena ver esse vídeo para entender o conflito

domingo, 4 de janeiro de 2009

Shimon Peres ataca os líderes do Hamas: "Parem de usar crianças como escudos humanos para seus lançamentos de bombas e foguetes".

Enviado por: Marcio Schein
O Presidente Shimon Peres atacou os líderes do Hamas em uma entrevista dada a imprensa Internacional nesta data, e em um evento com estudantes de Beer Sheva e da periferia de Gaza, dizendo à organização terrorista para parar de usar as crianças e suas famílias como escudos humanos para lançamento de suas bombas e foguetes
O Presidente Peres disse que: "O Hamas é uma organização terrorista assassina, e seus membros são pessoas brutais da mais baixa categoria. Eles não rejeitam nenhum método para lançar ataques terroristas contra Israel, incluiundo o uso da população civil local como escudos humanos". O Presidente acrescentou que: "Estou vendo como eles usam crianças em Gaza e estou chocado - amarrando-as com bombas e usando-as como meio de Guerra".
Respondendo a uma pergunta de um estudante sobre a conexão iraniana nos eventos no sul de Israel, o Presidente Peres disse que: "Hoje em dia, ha duas pessoas responsáveis pela tragédia no mundo árabe: Hassan Nasrallah, que é um agente iraniano, e Khaled Mashaal, também agente iraniano. Temos de lembrar que o mundo árabe é 90% sunita e se opõe também ao desejo do Irã de dominar o Oriente Médio. Israel tem se restringido o máximo possível e chegou a hora de dar ao Hamas a resposta exigida".
O Presidente Peres disse aos estudantes que: "As pessoas estão unidas hoje em sua determinação e certeza de um modo nunca visto antes. Todos vimos na televisão soldados com seus equipamentos entrando em Gaza, eles carregam em suas costas a história de nosso povo. Os comandantes estão avançando e através da escuridão estão tentando ver o futuro. Estou orgulhoso dos soldados e de seus comandantes que planejaram esta operação. Tenho visto os planos e quase 100% destes foram atualizados".
O Presidente também acrescentou que: "As F.D.I. estão continuando a operação contra o Hamas, operaçaõ esta justificada e correta, cujo objetivo é danificar o governo do Hamas e seu braço militar, fortalecendo a dissuasão, e criando uma situação nova e mais estável de longo prazo para a periferia da Faixa de Gaza.
A entrada por terra na Faixa de Gaza tem o propósito de complementar os métodos já usados através de manobras militares e para aprofundar os danos ao Hamas e sua infra-estrutura terrorista. As tropas que fazem parte da operação estão no mais alto nível de preparo e condições para sua missão, já que se prepararam para esta eventualidade durante um longo período de tempo, e passaram por um processo meticuloso de planejamento

Reunião Nacional

No próximo final de semana acontecerá, no Rio de Janeiro, a priemria reunião nacional dos peilim da hagshamá. Estarão aqui ativistas de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Salvador e Londrina. A reunião servirá para alinhavar os trabalhos de 2009 em todo o país.