terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Chanukia é desmontada na Moldávia

A Liga Anti-Difamação condenou a remoção de um Hannukiah na Moldávia aparentemente liderada por um sacerdote cristão ortodoxo.

Autoridades na capital da Moldávia, disseram que o candelabro foi recuperado, reinstalado e agora está sob guarda policial.
O sacerdote ortodoxo, identificado pela mídia moldava como Fr. Anatoliy Chirbik, levando a Menorá até a estátua de de Stephan na praça e dizendo: "Nós somos um país ortodoxo. Stephan, o Grande, defendeu o nosso e agora eles vêm e colocam sua menorah aqui. Esta é a anarquia".

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Chanuka

Bem, para todos que quiserem temos um material bom no site sobre a festa de chanuka.
www.hagshama.com.br
Chanuka Sameach para todos!!!

domingo, 22 de novembro de 2009

Passeata contra Ahmadinejad no Rio de Janeiro

Mais de 3000 pessoas estiveram presentes na Praia de Ipanema para a passeata da diversidade contra Ahmadinejad. A manifestação foi uma organização em conjunta da Hagshama Brasil, Hillel Rio e outras entidades judaicas e não judaicas.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Grupo Nachal de Belém com apoio da Hasghamá realiza festival de massas

O grupo Nachal de Belém com apoio da Hagshamá realizará um super jantar festivo de sucót onde serão explicados todos os preceitos ligado a esta festividade além da exibição do premiado filme israelense Ushpizin (Visitantes) que será seguido por um debate dirigido pelo Shaliach Matan
O envontro será na sinagoga Eshel Avraham em Campos Salesno dia 07 de outubro às 20:30

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Antissemitismo na Rádio de Honduras

Discurso mega perigoso, antissemita e difamador realizado na Rádio Hondurenha

video

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Iran - O caminhão, a moto, a grua e o botão.

Esse vídeo faz uma propaganda inteligente sobre a verdadeira face do Iran que vale ser vista

video

terça-feira, 15 de setembro de 2009

POA - Ofakim Tamar Hagshamá realiza Rosh Hashanight


Laila Le Israel em Porto Alegre

Aconteceu no dia de agosto o IALA LE ISRAEL.
Reuniram-se na Hebraica Bom Fim mais de 100 jovens entre 18 e 30 anos da nossa comunidade na atividade realizada pelos departamentos de aliá e de educação (Eitan) da Agência Judaica, pelo Ofakim – Tamar Hagshama, Hebraica – RS e pelo Projeto MASA, com apoio do Fundo Comunitário, das Na’amat Pioneiras e da Wizo.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Projeto Sababa começa com noite de grande evento para jovens

A Hagshamá Brasil esteve presente no lançamento do Projeto Sababa no Rio de Janeiro, onde um grupo de jovens se reuniu para oferecer a juventude carioca judaismo e cursos variados que vão desde mergulho e krav magá até aula de hebraico.
A Hagshamá prestou total apoio a iniciativa tanto na divulgação como na organização do evento além do suporte financeiro ao evento.
A atração principal ficou por conta do grupo de roteiristas do Casseta e Planeta e criadores do programa Do Balacobaco que realizaram um divertido quiz além de proporcionarem jogos aos convidados. Todos que participaram dos grupos vencedores e das brincadeiras ganharam brindes como jóias, roupas, sapatos, óculos e muito mais.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Projeto Sababa tem apoio da Hagshamá

Um grupo de jovens se reuniu para realizar programações para jovens universitários do Rio de Janeiro. Esse é o PROJETO SABABA que conta com apoio da Hagshamá Brasil.
O grande evento de lançamento será dia 08 de setembro às 19h no Pub Bukowsky em Botafogo.
Esperamos vocês lá!!!!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Matéria sobre a Hagshamá no informe Nosso Jornal Rio

Organização Sionista Mundial em nova fase
Por Jakob Zajdhaft

Da esquerda para a direita: Andy Faur ( Diretor para a América Latina), Sergio Rosenboim e Michel Epsztajn (webmaster do site Brasil).

Criado em 1998 Hagshamá é um departamento da Organização Sionista Mundial ( OSM ) com sede em Jerusalém, e tem como pilares de atuação , judaísmo , sionismo, lideranças e esclarecimentos. Seu projeto abrange os jovens na faixa etária 18/30 de idade.
Sergio Rosenboim, diretor da Hagshamá-Brasil ( 12 estados ) em entrevista exclusiva, nos fala do encontro com lideranças do órgão em Israel e seus novos projetos.

NJR.Como foi o contato com a diretoria da Hagshamá para a América Latina?
- A reunião ocorreu na sala Chaim Weizmann de OSM, em Jerusalém, quando apresentei o relatório das atividades no Brasil, visando maior desenvolvimento e novas programações, estando presente Andy Faur, diretor para a América Latina.

NJR.E a repercussão do relatório?
- Foi do inteiro agrado, haja vista , declaração do importante dirigente Gael Grunwald, de que o trabalho desenvolvido com os jovens no Brasil, foi considerado como destaque das demais sedes no exterior. Apoio educacional e formas de obtenção de recursos internos e externos e a nova estrutura do departamento, foram temas abordados.

NJR.Qual a nova estrutura deste departamento da OSM?
- Para 2010, a Hagshamá terá um função específica central, passando a concentrar , organizar e dirigir , praticamente , todas as atividades da OSM para a diáspora. E isto nos leva ao maior fortalecimento dos ideais sionistas, principalmente entre os jovens.

NJR.Cite projetos culturais
- Dentre outros, o intercâmbio já acertado com os Centros Educacionais de diversos Museus de Israel ( Yad Vashem e Beit Hatfusot) para grupos de lideranças jovens frequentarem cursos de capacitação num período de 15 dias , de acordo com o foco educacional de cada Museu.

NJR.A viagem foi só de trabalho?
- Ninguém é de ferro.Convidado , assisti o Festival de Dança Karmiel, ao norte de Israel e confesso meu entusiasmo pela dança na qualidade de ex-integrante e dirigente dos Festivais “ Hava Netze Bemachol” da Hebraica-Rio. Daí acertei com o renomado coreógrafo Avi Levy, a vinda do “Grupo de Dança “Avivim Ashdod”, profissionais de dança israelense e com total apoio da Prefeitura da cidade de Ashdod para apresentação no Festival do clube em outubro próximo.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Studio Shenkin lança cursos virtuais

Vários cursos por internet estão sendo oferecidos para jovens pelo Studio Shenkin, uma iniciativa da Hagshamá da Argentina para a América do Sul.
Os cursos são ministrados por especialistas na áreas e serão em Espanhol.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Concurso Literário do Clube Hebraica terá Prêmio Hagshamá

Voltado para jovens bogrim das tnuót acima de 17 anos e grupos universitários o prêmio é uma parceira entre o clube Hebraica e o departamento de Hagshamá. Para participar basta entrar em contato com a direção do clube e pegar o regulamento ou mandar email para hebraica.secretaria@hotmail.com

terça-feira, 28 de julho de 2009

Israel, a pátria judaica

Encontrei esse vídeo em minha pesquisa no site do Beit Hatfutsot (Museu da diáspora) de Tel Aviv.
Na minha opinião, entre minhas pesquisas de vídeos que sempre faço para postar, este, até o momento, é o melhor vídeo que resume a "saga" de um país chamado Israel.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Darfur, um caso omitido pelo mundo

Já não é de agora que os sudaneses de Darfur sofrem perseguição em seu país e vão para Israel procurar abrigo. Israel por sua vez procura receber e ajudar esses refugiados e o mundo fecha os olhos para os mais de 2.000.000 de desabrigados e 400.000 mortos.

terça-feira, 23 de junho de 2009

ENEM - Quem precisa de alunos judeus?

Neste ano o governo federal tomou medidas unilaterais em relação ao ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio. Desde que foi criado ocorria em uma etapa aos domingos, normalmente o último de agosto. De repente o ENEM passa a ter duas partes, uma no sábado e outra no domingo, 3 e 4 de outubro (Sucot). Caindo no sábado cria um problema de uma atividade obrigatória para judeus e adventistas do sétimo dia, observantes do sábado como dia de descanso.

Se fosse apenas isso, não haveria problema algum. O ENEM não é obrigatório e nunca foi. Ao longo dos anos, muitas faculdades particulares pressionadas por inadimplência e redução de custos passou a aceitar a nota do ENEM como nota para acesso aos seus cursos. Isso sempre foi e continua sendo OPCIONAL. Se o aluno quiser passar pelo processo seletivo normal destas universidades é só ir na secretaria. Algumas tem provas aplicadas em várias datas e horários diferentes para atender a todos. Outras funcionam que nem o Detran: você chega lá, senta no computador, preenche a prova e recebe o resultado na hora - se passar e quiser, se matricula logo (o que na minha opinião é o melhor método). Em outras ainda, o concurso se reduziu a uma redação e uma entrevista, com a comprovação de que o aluno pode pagar as mensalidades.

Se fosse apenas isso, não haveria problema algum. Mas os reitores da universidades federais apenas, cujo cheque é assinado pelo mesmo patrão (deveria ser o povo, mas não é...), também em decisões unilaterais resolveram adotar a nota do ENEM como a primeira fase de seus vestibulares, não oferecendo outra alternativa aos alunos. E aí, tudo está errado perante as leis brasileiras. Mais uma vez escalões do Estado atropelam os valores mais fundamentais da Constituição como o direito de liberdade de crença e culto, onde entende-se o culto como o exercício prático da crença. Se há grupos religiosos que não podem, por motivos de crença, trabalhar, estudar, se deslocar e mesmo escrever no sábado e o Estado os obriga a isso, está violando a Constituição.

Essa decisão da mudança do ENEM que atinge toda a sociedade brasileira é de cima para baixo, sem qualquer consulta à população que é a única atingida realmente pelas mudanças. O Ministério da Educação comemora as adesões à "obrigatoriedade do ENEM" e um mapa atualizado das entidades de ensino pode ser encontrado em http://www.enem.inep.gov.br/mapa_de_adesao.php. No Rio de Janeiro aderiram UFF, UNIRIO, UFRJ e Rural. Em São Paulo as Federais de SP, do ABC e de São Carlos. Bom, é só ver o mapa e você vai encontrar todas as universidades federais aderidas e até se surpreender de que há 11 delas em Minas Gerais...

Também é um dos direitos constitucionais fundamentais do cidadão brasileiro de que ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em função da Lei. ENEM não é Lei - ele foi estabelecido por portarias do Ministério da Educação. Marcação de provas do Vestibular das federais também não são lei, são calendário interno. Portanto, obrigar as pessoas a violar sua crença religiosa sem que haja uma lei que determine isso é ilegal e viola nossa Constituição. Se houver lei, calo minha boca.

Enquanto as provas eram realizadas aos domingos não havia problema algum Vivemos num país de maioria cristã onde o domingo é guardado, mas sem regras de restrição como no sábado judaico. Aliás o ENEM nem atrapalha a missa, pois a prova é a uma da tarde... Nós judeus, somos uma minoria muito pequena no seio da população. Mas as leis de direitos estão aí para garantir os direitos de todos os cidadãos e proteger as minorias de um rolo compressor da maioria. Nós judeus, sabemos muito bem como esse rolo passa, tritura e queima.

O ENEM era apenas uma prova de referência e avaliação DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO MÉDIO e não dos alunos, criando parâmetros para o Ministério da Educação traçar políticas. Era opcional. Vozes isoladas sempre se posicionaram contra ele dizendo que vinha coisa mais à frente: e veio. Agora se tornou obrigatório sem lei que o ampare. Mas na verdade não é obrigatório. Se não quiser fazer, não faça! Abdique de seu direito de cidadão de pleitear uma vaga nas universidade federais que não dão aulas aos sábados. Para que se precisa de alunos judeus nestas instituições...

José Roitberg - jornalista

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Confira como foi a Festa de 80 anos do Bnei Akiva

Vídeo da FIERJ na festa de 80 anos do Bnei Akiva - Hagshamá foi um dos patrocinadores e apoiadores do evento.

domingo, 14 de junho de 2009

Shabaton Yad Bahia Hagshama foi sucesso total.

No dia 05 de junho, após a cerimônia de Kabalat Shabat na sinagoga, os jovens da comunidade judaica bahiana seguiram para um jantar de shabat oferecido pelo Rabino Ariel Oliszewski em sua casa. O evento foi animado pela entoação de diversas canções sabáticas, que precederam ao Birkat Habanim e ao Seder Kidush Leleil Shabat. Após as preces sabáticas, foi servido um delicioso jantar, com saladas, salmão, guefilt fish, gnocchi e sobremesa, o qual se encerrou com a Birkat Hamazon. Não faltaram conversas acerca de temas judaicos, como a situação do Estado de Israel perante as demais Nações e a divergência arábe-israelense. Infelizmente, devido ao momento (shabat), não foi possível qualquer registro fotográfico, mas, com certeza, em aqueles que se fizeram presentes, vai ficar na memória como o primeiro de muitos outros jantares sabáticos realizados em comunidade.
Abraços,
Rafael Kirschbaum
Ativista Hagshama Brasil
Salvador -Bahia

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Evento do Bnei Akiva apoiado e patrocinado pela Hagshama Brasil foi um Sucesso

A Lehaká Tzvait foi sucesso total. O evento do Bnei Akiva, em comemoração aos 80 anos da Tnuá foi apoiado e patrocinado por várias instituições incluindo a Hagshamá Brasil. Estiveram presentes mais de 1600 pessoas incluindo autoridades e jovens de outros movimentos.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Salvador terá um grande Shabaton

O grupo jovem Yad Bahia de Salvador fará um grande shabaton na casa do Rabino Ariel.
A Hagshamá Brasil realiza o evento através de seu representante local, Rafael Kirschbaum, que já anuncia o sucesso do evento com o dobro de pessoas esperadas.
Se você é um jovem da comunidade judaica e está em Salvador, vale procurar o nosso peil através do email no flyer.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Hagshamá no Twitter

Agora o Departamento de Hagshamá Brasil está no Twitter. Acompanhe as novidades pela mais nova ferramenta da Hagshama Brasil. http://twitter.com/hagshamabrasil
Será um ótimo meio para divulgação das atividades, principalmente para contatos com outras instituições que participam do Twitter.

domingo, 24 de maio de 2009

Festa da comunidade judaica carioca de Yom Haatzmaut é sucesso total!!!

Com patrocíno da Hagshamá e outras entidades a festa organizada pelos movimentos juvenis e a FIERJ foi um sucesso total. Mais de 300 pessoas estiveram presentes no salão nobre do Clube Hebraica Rio e ouviram personalidades, assistiram uma apresentação do grupo Hatchalá de dança folclórica israeli do clube e dançaram ao som de muita música. Jovens de todos os movimentos juvenis bem como membros de toda a comunidade de diversas faixas etárias estiveram presentes.


domingo, 17 de maio de 2009

Harkadá de Yom Haatzmaut é sucesso total

A Harkadá acontecu com o apoio do Hagshamá que esteve presente com seu diretor. Mais de 160 jovens se divetiram ao som de muita música israeli.











sexta-feira, 15 de maio de 2009

Assessora de Lula faz palestra no Rio de Janeiro

A assessora do Presidente Lula, Clara Ant, proferiu uma palestra para a comunidade judaica no Rio de Janeiro.
O Depto de Hagshamá foi convidado a estar presente participando da seleta platéia.


quarta-feira, 13 de maio de 2009

Hagshamá na TV

Matéria exibida no programa Comunidade na TV explicando sobre o site da Hagshamá

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Museu Judaico inicia exposição sobre sionismo

O Museu Judaico RJ, com apoio da Hagshamá, Agência Judaica e FIERJ iniciou exposição sobre Sionismo. Quem visitar poderá conhecer a história de 30 nomes importantes na história de Israel e do Sionismo. Vale conferir!!!


segunda-feira, 4 de maio de 2009

Contra Ahmadinejad no RJ e SP - Globonews

Fotos Yom Haatzmaút Belém

Evento da CIP, Kadima Bnei Akiva e Nachal com apoio do Hagshamá é sucesso total com mais de 150 pessoas participando.
Parabéns para os organizadores!!!